Evitar os extremos! Ter jogo de cintura! Auto avaliar sempre sua condição mental, emocional e física! Se cuidar! Se sentir, silenciar, se dar a oportunidade de um momento consigo mesmo! Estar atento ao próprio bem estar, não de forma egoísta, mas, de forma que seus gestos, ações… no mundo, sejam extensões de equilíbrio saudável, refletidos da sua alma, a repercutir no mundo!